Cirurgia Ortognática: procedimento une estética e funcionalidade

A cirurgia ortognática é um procedimento que corrige a posição do maxilar e da mandíbula. Estima-se que 20% a 30% da população sofre com alguma deformidade na mordida e/ou problemas na ATM (articulação temporomandibular).

O objetivo da cirurgia não é estético como muitos pensam. A mudança na harmonia do rosto acontece de forma natural, devido ao melhor posicionamento esquelético. Algumas pessoas usam aparelho ortodôntico por muitos anos, pagando caro e sofrendo com o incômodo do aparelho nos dentes. Muitas dessas pessoas, podem ter um problema crânio-facial, que vai além da má oclusão dentária.

A cirurgia ortognática surgiu para corrigir e dar uma melhor qualidade de vida.

Problemas frequentes de quem tem deformidade crânio-facial:
  • Dores nas articulações temporomandibulares (região se localiza perto do ouvido)
    a disfunção da ATM causa comprometimento na mandíbula, no ato de abrir e fechar a boca
  • Dificuldades na pronúncia de algumas sílabas
  • Dores de cabeça
  • Dificuldade na mastigação
  • Sensação de engasgo
  • Apneia do sono e dificuldades na respiração
  • E até problemas de digestão

O profissional que avalia o caso e pedirá exames necessários é o cirurgião buco maxilo facial.

Cirurgia ortognática: início do tratamento

A partir do diagnóstico médico, o tratamento se inicia com o uso de um aparelho ortodôntico para colocar os dentes na posição correta. O tratamento não busca compensar a distância entre mandíbula e maxila, e sim enfatizar o problema, para que na cirurgia o médico possa corrigir com o melhor resultado.

Veja neste vídeo, como os dentes estavam, como se posicionaram com o uso do aparelho, e depois, com a cirurgia realizada. São feitos cortes no osso para reposicioná-los e são novamente fixados com placas e parafusos de titânio, de tamanhos muito pequenos.

 

Pacientes com problemas na oclusão são caracterizados em classe II de Angle e Classe III de Angle. A diferença é simples, pessoas com a mandíbula menor que a maxila, são chamados de classe II. Alguns famosos como Noel Rosa e a cantora Nina Simone tinham essas características, era possível notar que as dicções de ambos eram levemente comprometidas.

A classe III de Angle, é o contrário da II, são pessoas que possuem a mandíbula à frente da maxila. A atriz Ingrid Guimarães tinha esse problema, ela sofria com dores e seu trabalho era prejudicado. Ingrid realizou a cirurgia e se encontra muito bem.

Classe II
Classe II Antes e depois
Classe III
Classe III Antes e depois

Veja o antes e depois de algumas pessoas, note a harmonia entre o queixo e o nariz.

Classe II, antes e depois
Classe II, antes e depois
Classe III antes e depois
Classe III, antes e depois

Pacientes relatam muitos benefícios com a cirurgia, o processo é lento, sendo necessário muita paciência. Há todo um preparo pré e pós operatório para resultados surpreendentes. A cirurgia traz de volta autoestima e bem estar das pessoas.

Redatora do Brasil no Ato

Nasceu em 03 de agosto de 1993.

Formada em Gestão Financeira pela Umesp (Universidade Metodista de São Paulo-SP).

Colaboradora no site Blasting News e Blasting Pop

Talita preza pela informação relevante e com qualidade.

 

email: talita.cari@hotmail.com

Telefone: (11) 9 8494 2499

Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *