Moro não concorda com decisão de Dias Toffoli sobre suspender investigações com dados do Coaf
Moro não concorda com decisão de Dias Toffoli sobre suspender investigações com dados do Coaf

Moro critica decisão de Toffoli e vê prejuízo ao Brasil

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, não concordou com a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de suspender investigações que usem dados do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) sem prévia autorização judicial. Na concepção de Moro, a decisão do magistrado da Corte pode trazer graves riscos aos mecanismos de combate à lavagem de dinheiro. Em síntese, prejudicaria a entrada do Brasil na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). As informações são da jornalista Bela Megale, do jornal O Globo.

Uma das metas do governo Jair Bolsonaro é a entrada do Brasil, na OCDE. No entanto, isso pode ter sido prejudicado com a decisão de Toffoli. A razão é que para entrar nessa organização internacional é necessário políticas públicas de combate à corrupção e lavagem de dinheiro.

Em maio, por exemplo, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apoiou a entrada do Brasil na OCDE, porém, não informou quando isso poderia acontecer.

Contrário de Moro

Com pensamento diferente de seu ministro da Justiça, o presidente Jair Bolsonaro sinalizou que concorda com a decisão de Toffoli. Em uma coletiva à imprensa e divulgado pela revista Exame, Bolsonaro comentou que dados repassados devem ter decisão judicial. “O mais grave na Legislação é que, uma vez publicados, os dados contaminam o processo”, disse.

Vale ressaltar que a decisão de Toffoli veio após um pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). O filho de Bolsonaro possui investigação no Ministério Público do Rio de Janeiro por suspeita de receber parte dos salários dos seus assessores.

Questionado sobre o benefício que seu filho teve com isso, Bolsonaro disse que isso era um assunto para os advogados comentarem e não ele.

Editor e redator do Brasil no Ato

Nasceu em 06 de julho de 1980.

Graduado em Administração de Empresas pela FSA (Fundação Santo André-SP).

Juliano é colaborador do site Blasting News e Blasting Pop e formado em SEO pelo Senac.

 

e-mail: julianocari@hotmail.com

Telefone: (11) 9 7506 4202

Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *