Líder de grupo terrorista revela adiamento de plano audacioso para matar Bolsonaro
Líder de grupo terrorista revela adiamento de plano audacioso para matar Bolsonaro

Líder de grupo terrorista ameaça de morte Bolsonaro e dois ministros

Um representante do SSS (Sociedade Secreta Silvestre), organização internacional ecoextremista, que ameaça de morte políticos e empresários de vários países, concedeu uma entrevista à revista Veja e que foi publicada nesta sexta-feira (19). Conforme as informações, esse líder de grupo terrorista, que preferiu ser identificado como “Anhangá”, revelou detalhes de planos montados para matar o presidente da República, Jair Bolsonaro, seus familiares, e citou até mesmo o nome de dois ministros, que seriam alvos dos ataques.

O contato com a Veja foi feito através da “deep Web”, que seria um espaço clandestino virtual considerado irrastreável. De acordo com o líder terrorista, o intuito de matar Bolsonaro já foi esquematizado desde de quando ele venceu as eleições. Um suposto ataque foi pensado no dia da posse do mandatário brasileiro. No entanto, o forte esquema de segurança impediu o atentado.

Segundo Anhangá, a intenção era acertar disparos contra Bolsonaro, sua esposa e seus familiares. Entretanto, a presença do Exército no local adiou a ação do grupo.

Além do presidente, outros alvos do grupo terrorista seriam os ministros: Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) e Ricardo Salles (Meio Ambiente).

Em provocação à Polícia Federal, o líder terrorista comentou que os agentes são incompetentes, amadores e não sabem sobre as técnicas que eles possuem sobre segurança. Em suma, o grupo ainda disse que não desistiu de futuros ataques.

 

Editor e redator do Brasil no Ato

Nasceu em 06 de julho de 1980.

Graduado em Administração de Empresas pela FSA (Fundação Santo André-SP).

Juliano é colaborador do site Blasting News e Blasting Pop e formado em SEO pelo Senac.

 

e-mail: julianocari@hotmail.com

Telefone: (11) 9 7506 4202

Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *