Jean Wyllys será investigado pela PF sobre suposta venda de mandato
Jean Wyllys será investigado pela PF sobre suposta venda de mandato

Jean Wyllys entra na mira da PF com suposta venda de mandato

Conforme matéria publicada nesta quarta-feira (03) pelo site “O Antagonista”, a Polícia Federal (PF) vai investigar suspeitas que envolvem a decisão do ex-parlamentar Jean Wyllys de abrir mão do seu mandato para que entrasse o deputado David Miranda em seu lugar. Vale deixar anotado que David Miranda é marido de Glenn Greenwald.

O pedido para que houvesse a investigação partiu do deputado José Medeiros (Podemos). Ele enviou à PF, recentemente, um ofício que relacionava a desistência do psolista (Jean Wyllys) com o momento das publicações do site The Intercep Brasil, na qual o fundador é Glenn Greenwald, em que foram divulgados os diálogos entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol.

Na concepção de Medeiros, essa relação levanta várias suspeitas. Ele considera que houve um crime cibernético patrocinado por estrangeiros. A intenção poderia ser melar a Operação Lava Jato.

Nesse mesmo ofício, Medeiros pede que a PF investigue eventuais transferências de recursos de Greenwald para Wyllys. A PF já solicitou ao Coaf uma análise sobre o caso, apurou o Antagonista.

Editor e redator do Brasil no Ato

Nasceu em 06 de julho de 1980.

Graduado em Administração de Empresas pela FSA (Fundação Santo André-SP).

Juliano é colaborador do site Blasting News e Blasting Pop e formado em SEO pelo Senac.

 

e-mail: julianocari@hotmail.com

Telefone: (11) 9 7506 4202

Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *