No Fantástico, Globo zomba de Jair Bolsonaro ao mostrar o balanço dos 100 dias de governo

No Fantástico, Globo debocha de Bolsonaro e diz que ele mentiu

A Rede Globo tem sido uma emissora “esquecida” pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que, por várias vezes, afirma que as notícias do canal são contra o governo e espalham fake news para o povo. Numa forma de atacar o presidente, a Globo se utilizou do programa “O Fantástico’ e, em tom de ironia, debochou de ações tomadas pelo mandatário brasileiro.

Neste domingo (14), a emissora voltou a exibir um quadro do “Fantástico”: o “Isso a Globo não mostra”. O canal carioca fez um balanço dos 100 dias de governo do presidente e relembrou escândalos recentes que envolveram membros do governo e até a família de Bolsonaro.

No vídeo exibido, a emissora citou o caso de Fabrício de Queiróz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, que teria realizado movimentações financeiras ilícitas. Em seguida, zombou do poder dado aos filhos, principalmente ao vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro.

Atritos

Em formas de ataque, a Globo mostrou também o atrito envolvendo o capitão e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Além disso, citou o suposto desastre da viagem do presidente aos Estados Unidos.

A Globo lançou um tipo de guerra contra o capitão. Vale ressaltar que Bolsonaro tem criticado verbas públicas que teriam ido para a emissora. Em suas entrevistas, o mandatário do Brasil dá mais atenção para as outras emissoras do que a Globo.

O canal carioca também disse que o presidente mentiu sobre a demissão do ex-ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodrigues. Em um ato de auto-defesa, a Globo disse, que noticiou em primeira mão a demissão do ministro. No entanto, Bolsonaro desmentiu a informação. Contudo, passado alguns dias, o presidente anunciou a demissão de Vélez. Para a Globo, Bolsonaro atrasou o anúncio impedindo que a emissora carioca fosse a primeira a divulgar a notícia.

Os ânimos estão acirrados. Uma coisa é certa: a Globo vem despencando na audiência nos últimos meses. Vários profissionais, inclusive, tiveram seus contratos não renovados.

Editor e redator do Brasil no Ato

Nasceu em 06 de julho de 1980.

Graduado em Administração de Empresas pela FSA (Fundação Santo André-SP).

Juliano é colaborador do site Blasting News e Blasting Pop e formado em SEO pelo Senac.

 

e-mail: julianocari@hotmail.com

Telefone: (11) 9 7506 4202

Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *