Augusto Heleno
General Augusto Heleno, futuro ministro do GSI

General influente no governo Bolsonaro diz que presídio é ‘fábrica de bandidos requintados’

O futuro ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, concedeu entrevista para o programa “Conversa com Bial”, da Rede Globo. Augusto Heleno, segundo informações da Globo, é um dos mais respeitados militares do país. Na bagagem, ele tem quatro estrelas de mérito e foi comandante das Forças da Paz pela ONU no Haiti. Além disso, Augusto Heleno é apontado como um dos mais influentes militares na equipe escolhida pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Em um dos pontos levantados em entrevista, Augusto Heleno falou sobre o sistema prisional do Brasil. Conforme sua perspectiva, o general acredita que este setor é um dos mais atrasados do país. O futuro ministro diz que o sistema é desumano e que não cumpre com o objetivo de recuperar o cidadão para traze-lo de volta a sociedade.

Entre suas falas, declarou: “o que eu tenho hoje é uma formação de doutorado em bandidagem. Temos que mudar isso”. Então completou, dizendo que o sistema prisional é uma “fábrica de bandidos requintados”.

Perto de Bolsonaro

À princípio, Augusto Heleno seria ministro da Defesa. No entanto, para ficar mais próximo da presidência foi alocado para a área do GSI. Sobre seu futuro ministério, o general diz estar muito privilegiado com o convite. Além do mais, sinaliza que é uma experiência nova e que seu futuro cargo promete “silêncio”, pois trata de questões de inteligência do governo. Augusto disse que gosta de falar, então terá que se habituar a nova rotina.

Polêmica das movimentações financeiras de Queiroz

O apresentador Pedro Bial questionou o general sobre a polêmica envolvendo o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz. O Coaf desvendou movimentações financeiras na conta de Queiroz que chegaram ao valor de R$ 1,2 milhão.

Augusto Heleno disse que está satisfeito com os pronunciamentos vindos da família Bolsonaro sobre o caso. Ele diz que aguarda que outros participantes também se manifestem. Além do mais, o general disse que os responsáveis deverão arcar com os prejuízos.

Redatora do Brasil no Ato

Nasceu em 03 de agosto de 1993.

Formada em Gestão Financeira pela Umesp (Universidade Metodista de São Paulo-SP).

Colaboradora no site Blasting News e Blasting Pop

Talita preza pela informação relevante e com qualidade.

 

email: talita.cari@hotmail.com

Telefone: (11) 9 8494 2499

Fonte:GShow
Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *