Sérgio Moro se sai bem em audiência no Senado e frustra senadores petistas
Moro se sai bem em audiência no Senado e frustra senadores petistas

No Senado, Sérgio Moro ‘esfria’ suposta tentativa de petistas ‘vingarem’ Lula

Nesta quarta-feira (19), o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, esteve em uma audiência no Senado. Moro se defendeu sobre os diálogos vazados entre ele e o procurador da República, Deltan Dallagnol. As conversas foram divulgadas pelo site The Intercept Brasil após terem sido hackeadas. A divulgação causou muitas críticas ao ex-magistrado, já que muitas pessoas viram nesses diálogos acordos que prejudicaram a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No entanto, sem ser convocado e por vontade própria, o ministro foi até o Senado e respondeu várias perguntas dos parlamentares sobre essas divulgações. Para Moro, essas invasões foram criminosas e tinham por objetivo atacar a Operação Lava Jato. Alguns senadores petistas tentaram pressionar o ministro, mas Moro, na concepção de vários jornalistas, deu um grande passeio no Senado e foi contundente em todas as suas respostas.

O editorial do Jornal O Globo elogiou a postura do ministro. Moro ficou por 10 horas à disposição dos parlamentares e teve um desempenho elogioso. Segundo a fala do ministro, existe um crime contra as instituições e um verdadeiro ataque à Lava Jato. Vale ressaltar que muitos senadores ali presentes já foram alvos de investigações dessa operação, considerada a maior contra a corrupção no país.

‘Vingar Lula’

Uma das estratégias dos senadores petistas seria, aparentemente, “vingar” o ex-presidente Lula que está preso em Curitiba. Diante disso, senadores como Humberto Costa e Rogério Carvalho chegaram a sugerir que Moro renunciasse. O ministro evitou de entrar em conflito com esses senadores e preferiu não comentar os dizeres deles.

A nítida a intenção desses parlamentares de “vingar” Lula, entretanto, deu errado. O desempenho do ex-juiz superou os ataques deles. Em suma, a impressão que se tem é que os senadores petistas ficaram frustrados ao ver Sérgio Moro se saindo bem na audiência. A Lava Jato ganhou mais força.

 

Editor e redator do Brasil no Ato

Nasceu em 06 de julho de 1980.

Graduado em Administração de Empresas pela FSA (Fundação Santo André-SP).

Juliano é colaborador do site Blasting News e Blasting Pop e formado em SEO pelo Senac.

 

e-mail: julianocari@hotmail.com

Telefone: (11) 9 7506 4202

Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *