Gilmar Mendes
Ministro do Supremo, Gilmar Mendes

Órgãos ligados ao Judiciário silenciam com pedido de suspeição de Gilmar Mendes

Desde que a Lava Jato pediu o afastamento do ministro Gilmar Mendes sobre investigações envolvendo Paulo Preto, ocorre silêncio. A Ordem dos Advogados do Brasil, Associação de Juízes Federais do Brasil e Associação dos Magistrados Brasileiros, ainda não se manifestaram sobre o caso. As informações são do portal “O Antagonista”.

Contudo, nenhuma entidade ligada ao Judiciário veio se manifestar a algo que chama atenção por se tratar de um membro da Corte. A força-tarefa das investigações da Operação Lava Jato pediram o afastamento de Gilmar Mendes. A decisão ocorreu após a força-tarefa anexar extratos de conversas entre Aloysio Nunes, Raul Jungmann e José Roberto Santoro.

A Lava Jato explicou, ao enviar pedido para a PGR, que houve intensa articulação entre as pessoas citadas. Por conta disso, Gilmar Mendes não seria o magistrado propicio para se envolver no caso.

Em um dos extratos da conversa, Mendes acabara de conceder habeas corpus. Com isso, interlocutores comemoravam a situação.

Procuradoria tomará decisão

No momento, cabe a PGR dar a decisão sobre o caso. A Procuradoria deverá enviar ao STF o pedido de suspeição do ministro. Contudo, a Procuradoria já se manifestou, dizendo que o pedido da Lava Jato será analisado.

Paulo Vieira, o conhecido Paulo Preto e Aloysio Nunes foram alvos da 60° fase da Lava Jato. O esquema investiga lavagem de dinheiro e corrupção em contratos milionários envolvendo a empreiteira Odebrecht.

Gilmar Mendes

O gabinete do ministro informou que o magistrado não irá se pronunciar. Contudo, só irá dar manifestação caso realmente aja pedido de suspeição ou questionamento no caso.

Redatora do Brasil no Ato

Nasceu em 03 de agosto de 1993.

Formada em Gestão Financeira pela Umesp (Universidade Metodista de São Paulo-SP).

Colaboradora no site Blasting News e Blasting Pop

Talita preza pela informação relevante e com qualidade.

 

email: talita.cari@hotmail.com

Telefone: (11) 9 8494 2499

Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *