Temer
Ex-presidente Michel Temer

Defesa de Michel Temer diz que acusação é ‘estapafúrdia’

O advogado Eduardo Carnelós, que faz a defesa do ex-presidente Michel Temer, classificou que a acusação contra o emedebista é “estapafúrdia” e “infame”. Nesta quinta-feira, 4 de abril, a Justiça acatou a denúncia dos procuradores contra o ex-presidente. Conforme investigações, Temer é apontado por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e peculato.

A Operação Lava Jato de São Paulo ofereceu a denúncia a partir de desdobramento da operação no Rio de Janeiro. Contudo, a suspeita dos procuradores que apuram o caso também envolve a filha de Temer, Maristela Temer. Procuradores acreditam que propinas financiaram a reforma do apartamento de Maristela.

Conforme nota do advogado, divulgado pelo portal “Uol”: “A acusação de lavagem de dinheiro por meio da reforma da casa de uma das filhas de Michel Temer, além de não possuir base em provas idôneas, é infame”.

A defesa de Temer também cita que ocorreu “contradição” na denúncia dos procuradores. Advogados frisam que o dinheiro apontado para a reforma não foi exatamente esclarecido. À princípio, o advogado diz que a acusação cita que os valores vieram através de uma empresa que presta serviços para o Porto de Santos. Em seguida, a defesa diz que o MPF mudou, dizendo que teria vindo da JBS.

Prisão

Michel Temer chegou a ser preso após decreto do juiz Marcelo Bretas, da 7° Vara Federal do Rio de Janeiro. Entretanto, a prisão durou apenas 4 dias. O desembargador Ivan Athié concedeu liberdade para o ex-presidente e aliados. Junto com Temer, estavam o ex-ministro Moreira Franco e seu amigo próximo, o Coronel Lima. As investigações ainda estão em andamento.

 

 

Redatora do Brasil no Ato

Nasceu em 03 de agosto de 1993.

Formada em Gestão Financeira pela Umesp (Universidade Metodista de São Paulo-SP).

Colaboradora no site Blasting News e Blasting Pop

Talita preza pela informação relevante e com qualidade.

 

email: talita.cari@hotmail.com

Telefone: (11) 9 8494 2499

Fonte:Uol
Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *