Procurador
Procurador da República, Deltan Dallagnol

Dallagnol diz que procuradores farão ‘tudo o que estiver ao alcance’ para salvar Lava Jato

O procurador da República e coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, publicou no Twitter neste último sábado (16). Conforme noticia “O Antagonista’, o procurador deixou claro que farão tudo o que for possível em prol da Lava Jato. Dallagnol é um dos maiores críticos da tentativa do Supremo Tribunal Federal em enviar crimes comuns para serem julgados na Justiça Eleitoral.

O procurador evidenciou que tudo o que estiver de forma legítima e ao alcance, será realizado. O objetivo é evitar que as sentenças já dadas e a continuidade da Lava Jato seja prejudicada por decisão de ministros. No entanto, o procurador frisa que a situação é difícil para as investigações. Dessa forma, a energia da Lava Jato acaba sendo sugada devido novas decisões.

Lava Jato pode ter reação

Segundo”O Antagonista”, conforme dizeres de Merval Pereira, a Lava Jato deve ter uma reação perante o Supremo. Um dos caminhos seria retirar denúncias de caixa dois para evitar o envio de todo inquérito a Justiça Eleitoral. Com isso, a Lava Jato só iria focar nos crimes comuns de corrupção e lavagem de dinheiro.

A atitude se enquadra com um momento anterior, quando ministros da Corte proibiram a condução coercitiva de suspeitos. Consequentemente, devido decisão, procuradores passaram a utilizar a opção de prisão temporária no caso.

Outra alternativa depende do governo Bolsonaro. Em 2020, o ministro Celso de Mello irá se aposentador. A partir daí, Bolsonaro poderá eleger ao Supremo um nome capaz de reverter decisões contrárias a Lava Jato na Corte.

Redatora do Brasil no Ato

Nasceu em 03 de agosto de 1993.

Formada em Gestão Financeira pela Umesp (Universidade Metodista de São Paulo-SP).

Colaboradora no site Blasting News e Blasting Pop

Talita preza pela informação relevante e com qualidade.

 

email: talita.cari@hotmail.com

Telefone: (11) 9 8494 2499

Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *