Silêncio de Temer sobre declarações de ministro irrita Maia

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, fez fortes declarações contra os políticos do Rio de Janeiro e a cúpula da Polícia Militar no estado. Segundo Torquato, o crime organizado tem forte conexão com a corporação e existem deputados estaduais envolvidos no esquema. Diante de tudo, Temer fica em silêncio.

O presidente Michel Temer chegou a ligar para o ministro, mas não se pronunciou sobre o caso. Isso tem preocupado o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Maia acredita que o silêncio de Temer provocará uma grande crise na área de segurança do Rio. As declarações do ministro também irritaram Maia.

O presidente da Câmara aguarda uma manifestação de Temer sobre o assunto que causou polêmica.

Investigações

De acordo com as informações do site “O Antagonista”, para o ministro falar desse jeito é porque ele está sabendo de coisas que chegaram até ele.

A intervenção das Forças Armadas na Rocinha pode ter descoberto influências perigosas de políticos infiltrados no crime organizado. Vale ressaltar, que o ministro da Defesa, Raul Jungmann, solicitou de imediato o recuo das tropas após alerta do serviço de inteligência do Exército.

A casa pode cair a qualquer momento.

Morte do coronel

Para Torquato Jardim, a morte do tenente-coronel Luiz Gustavo Teixeira seria um acerto de contas e não um assalto como as autoridades estão afirmando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *