Sérgio Moro marca novo interrogatório de Lula

O juiz federal Sérgio Moro marcou um novo interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A data será no dia 13 de setembro e o juiz sugeriu que fosse feita por videoconferência para evitar gastos. Lula responde por um outro processo na Operação Lava Jato sobre o recebimento de um terreno como propina da construtora Odebrecht.

Nesse terreno seria construída a nova sede do instituto Lula. Segundo as acusações do Ministério Público Federal (MPF), esse terreno e mais um imóvel vizinho ao apartamento do petista foram comprados em troca de favorecimentos em contratos fraudulentos entre a Petrobras e a Odebrecht, dando grandes vantagens à construtora.

Esquema de segurança

A sugestão do juiz Sérgio Moro em fazer o depoimento por videoconferência foi devido aos altíssimos gastos que a Polícia Militar teve para o esquema de segurança de Lula, quando veio em Curitiba, na ação do triplex.

A defesa de Lula terá cinco dias para informar se tem algum empecilho o depoimento ser feito dessa forma.

Nota do PT

Após Moro bloquear os bens de Lula, o PT lançou uma nota com vários ataques ao juiz. O partido disse que a atitude do juiz está criando dificuldades para lula sobreviver. O PT falou ainda em Moro devastar um inocente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *